Alex Borges - Piloto Alex Borges
108
page-template-default,page,page-id-108,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-17.1,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-5.5.5,vc_responsive
 

Alex Borges

O piloto despertou para sua paixão em 2013, a motovelocidade, neste mesmo ano decidiu participar do seu primeiro campeonato, com sua BMW S 1000RR 2013, alcançou quatro polepositions e seis vitorias consecutivas consagrando-se Campeão Paulista pelo campeonato MOTORSCOMPANYGP, para um piloto iniciante demonstrasse um talento nato.

 

Na sequência começou a buscar formas de aprimorar as técnicas de motovelocidade e, foi andando em um kartódromo, em um ambiente misto 70% asfalto e 30% terra, que conheceu a supermoto, estilo que mescla uma moto de motocross com pneus slick.

 

Borges começou a treinar com sua Yamaha YZF450 e cada dia busca aperfeiçoamento de sua pilotagem, como coach ele busca referencias do esporte, Lazlo Piquet (filho do tricampeão de F1 Nelsinho Piquet) e Rafael Fonseca, dez vezes Campeão Brasileiro de Supermoto. Em 2014, Borges se dedicou somente aos treinos e no ano seguinte voltou aos campeonatos conquistando seis polepositions com 6 vitorias consecutivas consagrando-se campeão brasileiro no MOTO1000GP pelo categoria 1000cc.

 

Em 2016 disputou o Super Bike Brasil, pilotando a sua BMW S1000RR 2013, venceu sete das doze corridas disputadas, conseguiu onze polepositions, conquistando o Vice Campeonato Paulista e Brasileiro.

 

No ano de 2017 foi patrocinado e incentivado pela GRAND BRASIL, maior Concessionaria BMW de motos e carros esportivos do pais, pilotando uma S1000RR 2017 fornecida pela concessionaria. Moto essa que, já vem trazendo resultados expressivos como poleposition e vitória na primeira etapa do Super Bike Brasil e a quebra do recorde pessoal e da categoria, colocando-o entre o seleto grupo dos cinco pilotos mais rápidos do pais.

 

Em 2017 Borges alcançou 8 polepositions e 8 vitórias consecutivas, mas em junho de 2017 ele sofreu um acidente nos treinos que antecediam a corrida do SuperBike Brasil e ficou afastado por 4 meses para se recuperar de uma grave lesão, retornou as pistas e em novembro fechou o ano com chave de ouro com mais uma vitória e mais uma poleposition, conquistando assim mais um Vice Campeonato Brasileiro e um Vice Campeonato Paulista.

 

Em 2018, Borges começou o ano com chave de ouro, conquistando 5 poleposition e 4 vitórias, mas novamente em agosto de 2018 ele sofreu um acidente que o tirou da disputa pelo campeonato brasileiro, em paralelo Borges correu o campeonato mineiro onde em sua primeira corrida foi poleposition e conquistou um 2 lugar, os acidentes tiraram a oportunidade de Borges disputar os títulos, mas sua garra e determinação demonstraram serem muito maiores que todos os obstáculos que ele vem superando!